Notícias e informações relevantes para os moradores da região noroeste da cidade de São Paulo

Feira dos Campeões: os melhores da gastronomia em um só lugar

Agora no espaço Arca, o evento do guia Comer & Beber reúne estabelecimentos premiados, entre 29 e 31 de março, e oferece refeições com chefs badalados

Publicado às 17h

Por Veja SP

Em evento que está ganhando não se mexe. Ou melhor, se mexe sim. Depois de duas edições de enorme sucesso, que reuniram um público de mais de 26 000 pessoas, a Feira dos Campeões está de volta e em um novo espaço. Será agora no charmoso Arca, a poucos passos do Parque Villa-Lobos, na Vila Leopoldina.

Com a troca de endereço, o evento intensifica o espírito de ponto de encontro de fãs da comida e da bebida de qualidade em um único lugar. E com uma ótima vantagem: o visitante encontra os melhores pratos, petiscos, sanduíches, doces e drinques da capital a preços que não ultrapassam 35 reais, com curadoria feita pela equipe do guia COMER & BEBER.

Paola Carosella: além de levar empanadas, a chef é madrinha da Cooperapas (RICARDO MATSUKAWA/Veja SP)

Serão ao todo 24 estandes com endereços premiados e estrelados pela edição especial, além de clássicos. A feira acontece de 29 a 31 de março e os ingressos são vendidos pelo site ticket360.com.br.

A nova sede ocupa um espaço inaugurado em outubro do ano passado. Trata-se de um galpão de 9 000 metros quadrados onde funcionou uma metalúrgica. Com área coberta, pé-direito alto, capacidade para 7 000 pessoas e um amplo estacionamento, é um lugar próprio para receber eventos de grande porte, como a São Paulo Fashion Week (SPFW).

 Sanduíche de frango frito (28 reais), do Matilda Lanches, pain au chocolat (14 reais), da Deli Garage, gim-tônica (29 reais), do Guilhotina, e bife de chorizo (30 reais), do Rubaiyat: atrações do evento
“O Arca leva inovação e uma experiência diferente ao público, já que abriga confortavelmente um número maior de pessoas”, diz Andrea Abelleira, diretora de marketing da Abril Comunicações, que publica VEJA SÃO PAULO.
Alex Atala,  chef do cinco-estrelas D.O.M.: eleito o melhor restaurante autoral da cidade e participante da Feira dos Campeões
Dos 24 participantes gastronômicos, doze são novatos no evento. É o caso do Vista,escolhido a estreia do ano e também o melhor brasileiro da capital. O restaurante servirá sugestões como o torresmo com picles e mostarda (20 reais), criado pelo chef Marcelo Corrêa Bastos.

 Bolinho basco (20 reais, três unidades), do Bar do Luiz Fernandes, pancetta à coreana (25 reais, três unidades), do Komah, pizza margherita (35 reais), da Carlos, e fusilli alla norma (30 reais), do Etto: entre os participantes da feira

O melhor francês, Chef Rouge, terá uma versão menor e bem mais em conta do confit de pato com maçã e pimenta-rosa, a 35 reais — o prato original do restaurante do Jardim Paulista, que desde o ano passado tem uma consultoria do top chef francês Alain Ducasse, sai a 115 reais.

Quem curte comida portuguesa encontrará o clássico bolinho de bacalhau (20 reais, quatro) do A bela Sintra.

 Mil-folhas (10 reais), da Confeitaria Dama, salada com figo e presunto cru (20 reais), do Kouzina, hambúrguer com bacon e maionese de maple (30 reais), do Z Deli, e corte extraído da paleta do boi (35 reais), do NB Steak: para comer mais de um
Dá para passear por muitas outras culinárias. Depois de pedir um sunomono de lichia (20 reais) do japonês Kinoshita, por exemplo, pode-se saborear uma salada (20 reais) no grego Kouzina, uma pizza margherita da Carlos (35 reais) ou o fusilli alla norma (30 reais) da trattoria Etto.

Um dos maiores chefs brasileiros, Alex Atala levará o D.O.M. para a Vila Leopoldina e vai sugerir aos frequentadores o aligot (purê de batata com queijos) na companhia de cubos de filé-mignon, por 35 reais.

 Faláfel (25 reais, seis unidades), do Pitico, negroni (27 reais), do Apothek, aligot com filé (35 reais), do D.O.M., e snack de arroz, pancetta e lentilha (15 reais), do Evvai: pedidas premiadas

Para os fãs de churrasco, uma área aberta foi reservada para o Boulevard da Carne. Nela, serão preparados os ótimos cortes das redes Rubaiyat e NB Steak,respectivamente com bife de chorizo (30 reais) e steak da paleta (35 reais), além dos hambúrgueres do Z Deli.

Pela primeira vez, a lanchonete expedirá uma versão especial desses sanduíches para o evento, com cebola, bacon, queijo tipo americano e uma inusitada maionese de xarope de maple (30 reais).

Igualmente caprichada, a ala etílica contará com coquetéis de sucesso, como o negroni (27 reais) do bartender do ano Alexandre D’Agostino, do premiado Apothek, e o gim-tônica (29 reais) do Guilhotina, além de misturas exclusivas.

 Paulo Shin, Erick Jacquin, Fernanda Valdívia, Rogério Fasano e Luiz Filipe Souza: entre os estrelados do evento

Benzina, um dos campeões na seção Bom e Barato, venderá o chamado o melhor da noite (bourbon, pimentado- reino, limão-taiti, framboesa, cordial de beterraba e bitters) a 25 reais, quando a maioria dos bons coquetéis da capital sai por mais de 30 reais.

Não vão faltar pedidas para comer com as mãos, como os famosos bolinhos do Bar do Luiz Fernandes (20 reais o trio basco, carequinha e carne), símbolo da Zona Norte, e as empanadas da chef Paola Carosella (7,50 reais cada uma), sócia do La Guapa e jurada do MasterChef Brasil.

 Tiramisu (25 reais), do Fasano, pato com maçã (35 reais), do Chef Rouge, drinque de cachaça (25 reais), do Benzina, e bolinhos de bacalhau (20 reais, quatro unidades), do A bela Sintra: sucessos dos estabelecimentos

O faláfel (25 reais, meia dúzia) do premiado bar Pitico e sanduíches (a partir de 26 reais) da chef Renata Vanzetto, do Matilda Lanches, incrementam a saborosa seleção de comidinhas.

Confeitaria Dama vai preparar doces inéditos para a feira, como o éclair de amêndoa (12 reais). Ainda na parte devotada ao açúcar, a sorveteria Frida & Minapromete repetir o sucesso de 2017. “Tivemos um tremendo movimento”, lembra o sorveteiro do ano, Thomas Zander.

O visitante encontrará ainda uma loja da Cacau Show, que, além dos tradicionais chocolates e ovos de Páscoa, terá waffles belgas e uma área que mostra a produção dos itens bean to bar (da semente à barra), com cacau de fazenda própria no Espírito Santo.

Blue Note: novo point de música na cidade, responsável pelo palco oficial do evento (Marcelo Justo/Veja SP)

Para quem quiser ter uma experiência mais gastronômica, um restaurante vai sediar refeições exclusivas. Na sexta (29), o francês Erick Jacquin, premiado como o chef do ano por VEJA COMER & BEBER em 2000 e 2007 e jurado do MasterChef, apresentará alguns dos pratos mais marcantes de sua carreira.

No jantar do dia seguinte, haverá um encontro Oriente-Ocidente: o chef do ano, Paulo Shin, do coreano Komah, vai preparar uma degustação junto do chef revelação, Luiz Filipe Souza, do italiano Evvai, numa mescla de duas ricas culinárias.

Projeção da Feira dos Campeõe: stands de comidas (Projeções/Divulgação)

Só na Feira dos Campeões será possível almoçar um menu Fasano, cinco-estrelas que abre normalmente apenas no jantar. Acontecerá no domingo (31), com sugestões do chef Luca Gozzani e com a presença do restaurateur Rogério Fasano. As refeições serão harmonizadas com alguns dos rótulos da Casa Perini, premiada vinícola da Serra Gaúcha. Ainda para os fãs de vinho haverá uma masterclass do novo colunista do site de Vejinha, Marcelo Copello, sobre a relação da bebida com cinema, incluindo a degustação de seis tipos.

Os ingressos para os encontros também são vendidos pelo ticket360.com.br, por 400 reais (jantar) e 150 reais (masterclass), e dão acesso ao restante da feira.

A banda da casa: hits do jazz (Pedro Marguerito/Divulgação)

A animação do Arca será garantida por muita música ao vivo. Um dos principais clubes de jazz de Nova York, o Blue Note, que aterrissou no Conjunto Nacional em fevereiro, agita a Feira dos Campeões nos três dias de festa.

“Para nós, é uma grande alegria fazer a curadoria e assinar o palco do evento”, diz Flávio Pinheiro, sócio do estabelecimento ao lado de Facundo Guerra e Luiz Calainho. Depois do show de abertura, na sexta (29), o fim de semana terá apresentações da banda residente da casa. Entre as canções, aparecem as do disco Kind of Blue, de Miles Davis, e faixas famosas de Nina Simone.

Espaço Arca: a nova sede, na Vila Leopoldina (Clayton Vieira/Veja SP)

Antes de voltar para casa, será possível encher a sacola com os deliciosos pães (16 reais) e croissants (a partir de 18 reais) da Deli Garage, a melhor padaria da cidade, e até fazer a feira com produtores da Cooperapas, que cultiva hortaliças orgânicas em Parelheiros, no extremo sul da cidade, em ação que tem a chef Paola Carosella como madrinha.

Evento completo, a Feira dos Campeões também faz as vezes de espaço de confraternização, tanto entre o público e os donos de estabelecimentos quanto entre os próprios empresários e chefs. “É um presente para os frequentadores ir a um lugar que reúne o melhor da culinária paulistana”, diz o restaurateur Belarmino Iglesias Filho, do Rubaiyat. “A Feira dos Campeões é um verdadeiro show gastronômico, que só a VEJA SÃO PAULO consegue fazer.”

Participantes

Saiba quais estabelecimentos estarão na Feira dos Campeões e as categorias em que foram premiados na edição COMER & BEBER

Restaurantes
> A bela Sintra — português
> Carlos — pizzaria
> Chef Rouge — francês
> D.O.M. — cozinha de autor
> Etto — trattoria
> Evvai — chef revelação (Luiz Filipe Souza)
> Fasano — italiano
> Kinoshita — clássico da cidade
> Komah — chef do ano (Paulo Shin)
> Kouzina — bom e barato
> NB Steak — rodízio
> Rubaiyat — carne
> Vista — brasileiro, estreia e restaurateur do ano (Leo Sanchez)

Bares
> Apothek — drinques e bartender do ano (Alexandre D’Agostino)
> Benzina — bar de drinques bom e barato
> Bar do Luiz Fernandes — petisco
> Guilhotina — clássico da cidade
> Pitico — bom e barato

Comidinhas
> Confeitaria Dama — doceria
> Deli Garage — padaria
> Frida & Mina — sorvete
> La Guapa Empanadas — clássico da cidade
> Matilda Lanches — sanduíche
> Z Deli Sandwich Shop — hambúrguer

Chef Luca Gozzani: almoço exclusivo com massas do Fasano

Jantares exclusivos

Conheça os chefs que cozinharão no restaurante do evento. Os concorridos ingressos custam 400 reais

> Jacquin no fogão

Em rara oportunidade, o chef francês Erick Jacquin, hoje jurado do MasterChef Brasil, revisa a carreira — que já teve vários prêmios do COMER & BEBER — na sexta (29), às 19h30.

> Menu ítalo-coreano

No sábado (30), às 19h30, os amigos Paulo Shin, chef do ano pelo coreano Komah, e Luiz Filipe Souza, revelação pelo italiano Evvai, preparam um menu a quatro mãos.

> Fasano no almoço

Melhor italiano da capital, o Fasano não abre normalmente no almoço. Mas no evento será possível saborear pratos do chef Luca Gozzani a partir das 13h do domingo (31).

Serviço

> Onde: Arca — Avenida Manuel Bandeira, 360, Vila Leopoldina. Com estacionamento próprio

> Quando: Sexta (29), das 12h às 22h Sábado (30), das 12h às 23h Domingo (31), das 12h às 21h

> Ingressos: 40 reais (inteira) ou 20 reais (meia). Crianças de até 12 anos não pagam. ticket360.com.br

> Comes e bebes: A feira vai reunir 24 estandes de estabelecimentos premiados pelo COMER & BEBER ou convidados. Os itens vão custar, no máximo, 35 reais

> Restaurante exclusivo: Um espaço é reservado para refeições com grandes nomes, oferecidas a 400 reais cada uma

 

Deixe uma mensagem

Seu e-mail não será publicado.