Notícias e informações relevantes para os moradores da região noroeste da cidade de São Paulo

OMS diz que poluição do ar mata 600 mil crianças todos os anos

Relatório da OMS resumiu os mais recentes conhecimentos científicos sobre o efeito da poluição do ar que afeta 93% das crianças

Foto: Nelson Antoine/ Estadão

Publicado às 8h

G1 São Paulo

A poluição do ar mata cerca de 600 mil crianças todos os anos e causa sintomas que variam de perda de inteligência a obesidade e infecções de ouvido, mas há uma limitação ao que pais podem fazer, disse um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta segunda-feira (29).

Pais devem tentar evitar poluição do ar dentro das casas utilizando óleos menos poluentes para cozinhar e na calefação e não devem fumar, mas para reduzir a exposição de crianças à poluição ambiental eles podem precisar fazer lobby para que políticos limpem o meio ambiente, disseram especialistas da OMS.

“O ar poluído está envenenando milhões de crianças e arruinando suas vidas”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em um comunicado. Grandes partes da Ásia, África e América Latina estão entre os mais afetados.

O relatório da OMS, “Receitando ar limpo”, resumiu os mais recentes conhecimentos científicos sobre o efeito da poluição do ar sobre crianças, que afeta cerca de 93% delas ao redor do mundo.

Maria Neira, chefe de determinantes ambientais de saúde da OMS, disse que as descobertas preocupantes destacadas no estudo, incluindo a evidência de que a poluição causa partos prematuros ou natimortos, bem como doenças na vida adulta, deveria levar a mudanças de políticas ao redor do mundo.

Deixe uma mensagem

Seu e-mail não será publicado.