Notícias e informações relevantes para os moradores da região noroeste da cidade de São Paulo

Pais levam duas horas para levar filha cadeirante de trem e metrô da Lapa ao Centro de SP

Família encontra falta de elevador e escadas rolantes para ir com a criança até posto da SPTrans

Pais não encontram elevador ou escada rolante na estação Barra Funda da CPTM. Foto: TV Globo/Reprodução

Publicado às 11h10

G1 São Paulo

Os pais de uma criança cadeirante levam duas horas para conseguir ir da estação Lapa da CPTM, na Zona Oeste de São Paulo, até a Estação São Bento do Metrô, no Centro. A falta de acessibilidade prejudica o caminho para levar a menina Karla para tirar o cartão para passageiros com necessidades especiais no posto central da SPTrans.

Juliana Santana dos Santos tem que renovar o cartão das pessoas com necessidades especiais e provar que a filha tem a deficiência. Logo aparece o primeiro problema: na estação não tem escada rolante nem elevador.

“É todos os dias. Eles falam que vai ter mas nunca tem. A gente ainda consegue pegar a Karla e quando vem um cadeirante mais fortinho que não tem como passar?”, diz a mãe.

A primeira baldeação é na Estação Barra Funda onde uma grade e um aviso impedem o acesso ao elevador. No andar de cima a porta do elevador abre e tem uma grade impedindo a saída.

Na Estação Sé, o elevador está cheio de gente e a cadeira de rodas não cabe.

Na Estação São Bento o elevador não chega até o piso da Rua Boa Vista, onde é o destino final da família. O jeito é escadas rolantes, degraus e mais escadas rolantes. 

Quase duas horas a família chega ao posto da SPTrans no Centro. O atendimento durou cerca de vinte minutos e o cartão foi renovado.

A CPTM disse que as estações são de uma época em que a acessibilidade não era uma preocupação e que tem projeto para modernizar e que sempre que requisitados, os funcionários atendem às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Sobre o elevador da Estação Barra Funda, informou que o equipamento foi destruído por vândalos e está sendo arrumado.

Deixe uma mensagem

Seu e-mail não será publicado.