Notícias e informações relevantes para os moradores da região noroeste da cidade de São Paulo

Passarela do Parque Toronto será reconstituída com material reciclável

Madeira sintética é durável, ecológica e sem custo de manutenção

Foto: Gabriel Cabral/Folha Noroeste

Publicado às 11h20

Por Cristina Braga

Quem passa pelo Parque Cidade de Toronto, no bairro City América, pode ver que a passarela de madeira já bastante danificada, que ligava as duas partes da área verde, foi finalmente retirada e, em seu lugar, estão sendo realizadas as obras de readequação prometidas pela Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente (SVMA). Sem condições de uso há mais de um ano, a ponte estava bloqueada aos frequentadores.

As obras tiveram início no último dia 3 de junho e devem ser finalizadas em novembro deste ano ao custo de R$ 690.399,21. A execução ficou a cargo da empresa Potenza Engenharia e Construção Ltda. Há placas no local indicando que a passagem está temporariamente proibida para pedestres.

Foto: Gabriel Cabral/Folha Noroeste

Segundo Victor Fabian Passo, engenheiro da construtora, toda a passarela será substituída em sua extensão, o que inclui “a estrutura de suporte, corrimão e fixação metálica”. O novo tablado é feito de “madeira sintética”, fabricada a partir de materiais recicláveis, como sacolinhas de supermercado e sacos de ráfia (entulho). Esses resíduos, quando compactados, ficam iguais à madeira comum.

Viviane Pires Albuquerque, representante da Rewood – empresa que fornece o material -, explicou que, para a realização da obra, são necessárias, aproximadamente, 10,8 toneladas de sacolinhas, considerando que a ponte tem 180 metros quadrados em toda a sua extensão.

Foto: Gabriel Cabral/Folha Noroeste

“A iniciativa evita que mais de dez toneladas de madeira sejam cortadas, o que representa 100 árvores adultas”, analisa. Viviane também destaca que a matéria-prima reciclável é responsável pela retirada de resíduos plásticos que levariam até 350 anos para se decomporem na natureza. Além disso, esse material mais ecológico não vai exigir nenhum tipo de conservação e terá sua estrutura galvanizada.

Segundo a SVMA, além da reforma das passarelas, serão destinados mais R$ 900 mil para a readequação do Parque Cidade de Toronto.

Deixe uma mensagem

Seu e-mail não será publicado.